Responsável Técnico: Dr. Gladyston Matioski CRM 21048/PR

Necrose avascular do quadril pode causar fortes dores na região


A osteonecrose da cabeça femoral, também conhecida por necrose avascular da cabeça femoral, é causada por um distúrbio de vascularização na região. O quadro está associado a fatores como consumo excessivo de bebidas alcoólicas, sequelas de trauma, uso de corticoides e a doenças reumáticas, dentre outros. A doença pode se manifestar nos dois lados do quadril, sendo mais comum em jovens adultos do sexo masculino.

O principal sintoma da necrose avascular da cabeça do fêmur é a dor, que pode ser de início súbito ou progressivo, atingindo geralmente a região inguinal (virilha), mas não obrigatoriamente, com irradiação para região interna da coxa e joelho. Além da dor, o paciente apresenta ainda, progressiva limitação da mobilidade do quadril acometido, tendo dificuldade na realização de tarefas como calçar os sapatos, por exemplo.

Com a evolução da doença, pode ocorrer o colapso (desabamento) da cabeça femoral, o que faz com que a cartilagem articular que está apoiada sobre o osso perca a sustentação, quadro que caracteriza artrose do quadril. Em alguns casos, entretanto, a doença mantém-se estacionada ou evolui muito lentamente. Nesses casos, os sintomas são leves ou ausentes, podendo permanecer desta maneira por longo período de tempo.

O tratamento da necrose do quadril pode ser conservador ou cirúrgico, dependendo da gravidade do quadro. No tratamento conservador, o paciente é orientado sobre alterações nos hábitos de vida, podendo ser indicado realização de atividades físicas sem impacto de fortalecimento e alongamento da musculatura do quadril e membros inferiores e perda de peso, além do uso de bengalas ou muletas nos casos de dores mais fortes. Também podem ser prescritos medicamentos como analgésicos e anti-inflamatórios.

Quando há necessidade de intervenção cirúrgica, a determinação do tipo de procedimento deve ser específica para cada paciente, considerando a idade, causas da doença, atividade do paciente, amplitude de movimentos e da bilateralidade ou não da doença.

Os procedimentos cirúrgicos para tratamento da Necrose Avascular do Quadril podem ser divididos em três tipos:

  • Descompressão da cabeça femoral: realização de perfurações na cabeça femoral na tentativa de diminuir a pressão da cabeça femoral e tentar estimular a nova circulação da cabeça femoral;
  • Osteotomias: mudanças na posição dos ossos da articulação do quadril, preservando a articulação;
  • Artroplastia: substituição da articulação por uma prótese (Prótese Total de Quadril).

Ao sentir dor na articulação do quadril, um especialista em quadril deve ser procurado para diagnóstico correto e início de tratamento.